Os Peixes e a Totalidade


Tudo o que vive no oceano - peixes, algas, mamíferos, crustáceos - está permeado pela água do mar. Eles respiram água, se alimentam da água, fazem trocas com a água. Talvez não estejam conscientes de que vivem e se relacionam tão intimamente com esse líquido maravilhoso. Mas, mesmo assim, a água os sustenta, nutre, apoia.

O Yoga nos ensina que o universo é um grande oceâno de inteligência e consciência.

Todos os seres - humanos, animais, plantas, planetas - são permeados por essa inteligência, mesmo que não estejam conscientes disso. É por causa dessa inteligência que tudo respira, se nutre, sente, troca e se relaciona. Esse campo de consciência é o meio através do qual estamos todos conectados. Ele pode ser chamado de Brahman, ou de Totalidade.

As Upanhishads, textos do hinduísmo, dizem que o nome dessa inteligência é OM. Quando cantamos esse mantra na aula de Yoga é como se estivéssemos relembrando que estamos todos unidos e preenchidos por esse campo, como os peixes estão unidos pela água salgada. Quando atiramos uma pedra num lago, vemos círculos concêntricos se formando. Da mesma forma, ao vocalizar o mantra OM, criamos círculos concêntricos que reverberam por todo o planeta ou, talvez, por toda a criação, recordando a todos a nossa união.

Além disso, o OM nos auxilia a relaxar e plugar com o infinito reservatório de energia que existe no universo e nos recarregarmos. Plenos de energia, nos tornamos mais felizes e podemos viver de forma mais consciente e harmônica, apoiando uns aos outros.

Vamos cantar? OOOOOOOMMMMMMM...

Copyright © 2014 - Aruna Yoga - Rua Eça de Queiroz, 711 - Paraíso - São Paulo - Tel: (11) 5579 5975